segunda-feira, março 20, 2006

A Electricidade

O Faial, S. Roque do Faial e Santana tiveram electricidade inaugurada em Novembro de 1957 e só em 1959, foram electrificadas as restantes freguesias do concelho de Santana ou sejam, S. Jorge e o Arco de S. Jorge.
Realizaram-se obras de hidráulica agrícola e de electricidade no sitio da Fajã da Nogueira, freguesia do Faial, e a construção de uma central, para reforço da hidráulica e energia eléctrica a toda a ilha, obras essas que ficaram prontas em 1970, custando cerca de cinquenta mil contos. Do respectivo projecto, trabalhos e inauguração consta uma comunicação à imprensa do Funchal, que foi publicado em 21 de Junho de 1968, data em que os trabalhos foram oficialmente visitados pelas principais autoridades do Distrito, como a seguir se verá, da transcrição retirada do Diário de Notícias do Funchal daquela data.
Nesta zona foi também, primeiramente construído e inaugurada a primeira fase da estrada de ligação entre as freguesias do Concelho de Santana, nomeadamente o troço compreendido entre a Achada do Cedro Gordo e o sitio do Pau Bastião, o qual se verificou em 30 de Junho de 1935.
Este primeiro troço de estrada distrital, construído sob a égide do Estado, veio substituir os velhos caminhos regionais construídos ou consertados há mais de cem anos, no tempo do Governador e Conselheiro José Silvestre Ribeiro, em 1848, como mais adiante se verá.
Em 1935, era Presidente da Junta Geral do Distrito o felacido Dr. João Abel de Freitas, Governador Civil da Madeira, o Dr. Juvenal de Carvalho, Governador Militar o Coronel Carlos Gonçalves Marques, os quais assistiram à inauguração desse novo troco de estrada distrital e rural, mandado construir pelo nosso primeiro Corpo Administrativo, que é a Junta Geral do Funchal.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial